Diário de Viagem – Marrocos – De Marraquexe a Ouarzazate – 1ª Parte

Diário de Viagem – Marrocos – De Marraquexe a Ouarzazate – 1ª Parte

Diário de Viagem

Este é o primeiro Diário de Viagem aqui no Blog, e começamos logo com este país maravilhoso, Marrocos. Como o Diário de viagem é extenso, está dividido em 3 posts diferentes.

Espero que gostem!

Conhecer Marrocos

Conhecer Marrocos era um projeto que tinha já há bastante tempo, mas que por uma razão ou outra acabou sempre por ficar para depois, e outros destinos acabaram por ganhar a Marrocos. Este ano decidi passar o meu aniversário em viagem. Este era também um sonho que já tinha há muito tempo, mas que foi sempre ficando adiado.

Diário de 7 Dias em tour por Marrocos - Parte 1 - De Marraquexe a Ouarzazate

O Grupo de participantes no Tour da Marrocos.com

Um Tour de 7 Dias

Esta foi para mim uma viagem diferente, por vários motivos. Nenhum dos meus amigos tinha férias nesta época, e então decidi que esta seria a minha primeira viagem internacional sozinha (em julho passado viajei sozinha pela primeira vez para a Ilha da Madeira, mas uma viagem internacional esta foi a primeira ). Fui integrada num tour da Marrocos.com, e passei 7 dias com pessoas que nunca tinha visto na minha vida. Uma verdadeira aventura.

Este foi o Itinerário da viagem até ao Deserto do Saara:

  • Dia 1 – De Lisboa até Marraquexe
  • Dia 2 – Marraquexe, Telouet, Ait Benhaddou, Ouarzazate
  • Dia 3 – Ouarzazate, Vale do Draa, Dunas de Erg Chebbi
  • Dia 4 – Erg Chebbi, Gargantas do Toda, Ouarzazate
  • Dia 5 – Ouarzazate, Óasis de Fint, Marraquexe
  • Dia 6 – Marraquexe
  • Dia 7 – De Marraquexe até Lisboa

Dia 1 – De Lisboa a Marraquexe

Antes da Viagem, Formalidades e Afins…

Para Portugueses não é necessário Visto, necessitam apenas de ter passaporte com pelo menos 6 meses de validade.

A Tap tem voos diários de Lisboa (Aeroporto Humberto Delgado) para Marraquexe (Aeroporto de Ménara), só têm de escolher o que melhor se adequa a vocês. Como o Tour tem inicio todas as terças feiras às 9h00m da manhã (partimos de Marraquexe para Ouarzazate), tive de chegar um dia antes. As opções de voo eram duas, ou ía de manhã às 9h25m ou ía às 14h00m. Decidi ir no voo da manhã para ainda aproveitar parte do dia em Marraquexe. O voo tem a duração de 2h15m, e a hora local em Marraquexe é a mesma de Lisboa. Cheguei às 11h00m.

Desembarque

Ainda no avião é-vos entregue um formulário para preencherem com os vossos dados pessoais e o nome e morada do local onde vão ficar hospedados. Que tem de ser completamente preenchido, caso contrário não entram no país. Eu não tinha preenchido a parte do Hotel e Morada e tive uns momentos de stress com a polícia, mas telefonei para a Rita Leitão da Agência de viagens e tudo se resolveu. Mas agora que já sabem, não vale a pena facilitar… À chegada tinha o transfere à minha espera para me levar para o meu Riad.

O Riad

Sabem o que é um Riad? É um alojamento tipicamente marroquino. E o equivalente a um pequeno hotel de charme. Sem janelas para o exterior da casa. E de fora é impossível imaginar como são estas casas por dentro. Algumas verdadeiros palácios. Normalmente as janelas dão para um pátio interior, que por vezes tem uma fonte, e onde o ambiente se mantém fresco enquanto na rua estão temperaturas bastante elevadas.

Fiquei no Riad Dar El Masa, no centro da Medina de Marraquexe, e a 5 minutos a pé da famosa Praça Jemaa El Fna, classificada como Património Mundial pela UNESCO. Este Riad funciona como um Bed & Breakfast, pelo que temos incluída a dormida e o pequeno-almoço, não servem refeições. Mas os funcionários do Riad deram-nos várias indicações e recomendações de restaurantes, e se precisarem ajudam-vos na marcação de mesa.

Praça Jemma El Fna

Estamos em Marraquexe, e é altura de começarmos a explorar a cidade antes de iniciarmos o nosso tour no dia seguinte. Junto-me a 3 outros participantes do tour que entretanto já conheci, e combinamos ir conhecer a Praça, tomar uma bebida fresca e jantar por lá.

Esta é uma das praças mais famosos do mundo. Aqui podem sentir a verdadeira atmosfera de Marraquexe. E é única, pelos cheiros, cores e pela amálgama de gente que aqui se mistura. Encontram um pouco de tudo. Desde bancas de fruta e de comida, a tatuadoras de Hena, encantadores de serpentes e macacos amestrados, músicos, bailarinos e contadores de histórias. Percam o medo e misturem-se com os locais e os inúmeros turistas. Tenham o cuidado normal com as carteiras e mochilas, tal como teriam em qualquer outro lugar do mundo, mas nada mais do que isso.

A Praça é rodeada por uma série de restaurantes e cafés com terraços, que oferecem uma vista privilegiada sobre a própria praça, e de onde se pode assistir ao pôr do sol, e à magnífica transformação da Praça, literalmente do dia para a noite.

Para terem uma verdadeira noção da essência da Jemaa El Fna, têm de a visitar depois de anoitecer, quando são montadas as barracas de comida e a praça ganha toda uma nova vida, agora sim o espetáculo começou.

Diário de 7 Dias em tour por Marrocos - Parte 1 - De Marraquexe a Ouarzazate

A Praça Jemaa El Fna, vista do terraço do Café de France

Tomámos uma bebida fresca (uma coca-cola custou-nos o equivalente a 3 euros), no Café de France. As cadeiras não são as mais confortáveis do mundo, os funcionários não são simpáticos, mas a vista….a vista compensa tudo isso.

Dia 2 – Marraquexe, Telouet, Ait Benhaddou, Ouarzazate

São 9 horas da manhã e depois do pequeno-almoço tomado e de conhecermos os restantes participantes do tour (somos 4 portugueses e 10 brasileiros), é altura de conhecermos o guia que nos vai acompanhar durante toda a viagem, Ahmed, e seguir em direcção a Ouarzazate, a cidade conhecida por ficar “às portas do deserto”.

Seguimos para a carrinha e espera-nos um longo dia pela frente, com cerca de 200 kms por percorrer. Começamos a subir a cordilheira do Atlas e a primeira paragem é em Telouet.

Telouet

Parámos na pequena vila de Telout para conhecer o Kasbah de Telout. Visitámos apenas por fora. Foi construído por Thami El Glaoui, Paxá de Marraquexe entre 1912 e 1956. Um Kasbah ou Casbá é um género de um palácio, construído para proteger as populações tanto das intempéries como de ataques. Para além dos Casbás existem também os Ksar ou Ksours (no plural), são aldeias fortificadas que normalmente têm um ou mais Casbás no seu interior.

Ait Benhaddou

Chegamos a Ait Benhaddou, mais um local classificado como Património Mundial pela UNESCO. Este é um dos Ksar mais bem preservados da actualidade. E dos locais que eu tinha mais curiosidade em conhecer. O objectivo era assistirmos ao pôr do sol em Ait Benhaddou, e conseguimos.

Aqui foram filmados vários filmes e séries, incluindo alguns episódios da “Guerra dos Tronos”. A luz é fabulosa para fotografar e por isso também fabulosa para filmar.

Ouarzazate

Fazemos-nos à estrada, com a noite a cair em cerca de 40 minutos chegamos a Ouarzazate e ao nosso próximo Riad, o Dar Rita, onde iremos ficar esta noite, antes de partirmos para o Deserto.

View this post on Instagram

Ouarzazate @marrocoscom #travelblogger #marrocos #marocco #ouarzazate

A post shared by Sonia Justo (@lovelylisbonnertravelblog) on

No Dar Rita temos para além do alojamento, o pequeno almoço e o jantar, com pratos tipicamente Marroquinos.

Depois de jantar é hora de ir descansar, amanhã partimos para o deserto, onde iremos passar uma noite numa tenda. E para lá chegarmos teremos de fazer a travessia de 1h30m das Dunas de Erg Chebbi numa caravana de camelos…

Mas isso fica para o próximo Post…

Curiosos? Deixo-vos uma das fotos magníficas… Eu sou a de casaco azul 🙂

Gostaram dos 2 primeiros dias? Então não percam o resto da viagem e desta minha aventura por terras marroquinas.

Até já Em Ouarzazate!

Gostaste do Post? Guarda no Pinterest!

Pin It!

Diário de 7 Dias em tour por Marrocos - Parte 1 - De Marraquexe a Ouarzazate

Diário de 7 Dias em tour por Marrocos – Parte 1 – De Marraquexe a Ouarzazate

Seguir:

21 Comments

  1. Viviane Carneiro
    14 Dezembro, 2017 / 14:38

    Nossa… que viagem mais incrível! O Marrocos deve ser muito diferente e lindo. Adorei o post, as dicas e as lindas fotos.

  2. 13 Dezembro, 2017 / 16:07

    adorei aquela barraca de doces, quanta coisa gostosa!! achei demais esse roteiro!

  3. 12 Dezembro, 2017 / 23:36

    Estou como tu: Marrocos é um destino que está há muito na lista de viagens mas é sempre ultrapassado por outros. Sempre imaginei fazer esta viagem com mais duas ou três pessoas em carro próprio (e na verdade continuo com esse sonho), no entanto tem sido complicado conciliar disponibilidades. Talvez ainda acabe a fazer como tu, numa tour! Como foi a experiência no geral (da tour)?
    Gostei muito de ler o relato, que ainda aguçou mais a vontade de conhecer Marrocos. Dos lugares à comida (adoro as tajines!) deve ser tudo extraordinário.

    • 13 Dezembro, 2017 / 0:33

      Eu gostei muito do tour, e é claro que depende também do grupo e se há sinergias entre as pessoas. Neste caso o grupo era fantástico e a própria organização do tour permitiu-nos conhecer bastante de Marrocos

  4. Keul
    12 Dezembro, 2017 / 17:50

    Que experiência incrível! Fiquei encantada com suas fotos. Estão demais! Parabéns pelo post. Obrigada por compartilhar!

  5. 12 Dezembro, 2017 / 0:30

    Deve ter sido maravilhosa mesmo essa sua viagem. Quero muito conhecer o Marrocos um dia em breve! As fotos estão simplesmente maravilhosas! Parabéns sempre pelo ótimo conteudo

  6. 11 Dezembro, 2017 / 14:42

    Ahh eu adorei esse tipo de post, diário de viagem. Pode fazer mais vezes, está aprovado com certeza. Gostei que você lincou os posts do insta, haha. Bjssss

  7. 11 Dezembro, 2017 / 0:40

    Muito interessante o post sobre o Marrocos! E você se sentiu segura por lá? Tenho um pouco de receio nesse sentido. Adorei ver suas fotos! Acho que um grupo é a melhor forma de conhecer tudo, né? 🙂

    • 13 Dezembro, 2017 / 0:29

      Olá Diana senti-me super segura, e achei que um tour foi uma boa opção uma vez que ía sozinha.

  8. 10 Dezembro, 2017 / 17:38

    Olá, Sónia! O tour parece ter sido incrível e o grupo em que estiveste também. Mal posso esperar para ver e ler os próximos capítulos!

  9. 10 Dezembro, 2017 / 14:56

    Sou super suspeita para comentar, porque sou apaixonada por todas as fotos e pelas suas publicações Sônia. 🙂 Muio sucesso e obrigada pelas dicas e pela experiência compartilhada.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: