Caminho Português de Santiago Interior

Caminho Português de Santiago Interior – Guia (Etapas e Dicas)

O Caminho Português de Santiago Interior

Descrição

Caminho Português de Santiago ​Interior (CPSI) é uma rota de peregrinação de origem medieval, faz parte do Turismo Religioso, está inserido no Projeto Caminhos da Fé, e foi certificado em outubro de 2021. Está atualmente (2022) em processo de candidatura para obter o reconhecimento de património mundial pela UNESCO.

Tem uma extensão total de 387 Kms entre Viseu e Santiago de Compostela, dos quais 214 kms são em Território Português entre Viseu e Chaves, e está dividido em 11 etapas.

Passa por 8 Municípios em território português (Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves) e atravessa a fronteira com a Galiza em Vilarelho da Raia. Pode ser percorrido a pé, de bicicleta e a cavalo.

O objetivo final será a obtenção da Compostela. Esta é entregue na oficina do peregrino em Santiago de Compostela depois de percorrer o caminho. No entanto é necessário “provar” que se fez o caminho, e obedecer a determinados requisitos, nomeadamente:

  • Apresentar a Credencial devidamente carimbada, com 2 carimbos por dia.
  • Ter percorrido pelo menos 100kms a pé ou a cavalo, ou 200 kms de bicicleta.

Nota: As 11 Etapas são em Território Português e não a totalidade do Caminho até Santiago de Compostela.

Depois de Chaves, a última etapa em Território Português, o Caminho atravessa a fronteira Luso-Galega por Verín até Ourense e Santiago de Compostela, pela Via da Prata ou Caminho Mozárabe.

Características Relevantes

Municípios em Território Português - 8
Etapas - 11
Extensão Total - 387 Kms
Extensão em Território Português - 214 Kms
Ponto de Partida - Viseu
Ponto de Chegada (em Portugal) - Chaves
Onde Atravessa a Fronteira - Vilarelho da Raia com a Galiza
Dificuldade - 4 Etapas Muito Difíceis 
Duração - 11 dias *
Como Pode Ser Percorrido - A Pé, de Bicicleta e a Cavalo
Melhor Altura - Outono e Primavera

*Se considerarmos um dia para cada etapa do percurso em Território Português. 

Curiosidade: O Caminho acompanha o traçado da N2, a mítica Estrada Nacional Nº2, que atravessa Portugal de Norte a Sul do País.

O Inicio do Caminho em Viseu (na Etapa 2), com o grupo de Bloggers ©D.R.

Ultreya, Suseya y Buen Camino!

*Saudação entre Peregrinos 

Resumo das Etapas em Território Português

O Caminho começa oficialmente em Farminhão (Viseu), no entanto para quem chega de transportes públicos o melhor será começar na Etapa 2 em Viseu, capital de Distrito. 

Etapa 1: Farminhão (Viseu) – Fontelo (Viseu)

Concelhos Percorridos – Viseu

Extensão – 16 Kms

Elevação – 471/433 m

Ponto de Partida – Farminhão

Ponto de chegada – Fontelo

Tempo Médio – 3h33m

Dificuldade – Dificil

Pontos de Interesse:

  • Parque Aquilino Ribeiro
  • Cava de Viriato
  • Jardim Tomás Ribeiro
  • Estrada Romana
  • Painel de Azulejos do Rossio

Etapa 2: Fontelo (Viseu) – Almargem (Viseu)

Concelhos Percorridos – Viseu

Extensão – 15.6 Kms

Elevação – 370/336m

Ponte de Partida – Fontelo

Ponto de chegada – Almargem

Tempo Médio – 3H07m

Dificuldade – Média

Pontos de Interesse:

  • Museu Nacional Grão Vasco
  • Rua Direita
  • Feira de São Mateus
  • Parque Natural do Fontelo
  • Igreja do Carmo
  • Catedral
  • Porta do Soar e Muralha Afonsina

Etapa 3: Almargem (Viseu) – Ribolhos (Castre Daire)

Concelhos Percorridos – Viseu e Castro Daire

Extensão – 23.3Kms

Elevação – 1122/1020m

Ponte de Partida – Almargem

Ponto de chegada – Ribolhos

Tempo Médio – 5h49m

Dificuldade – Muito Difícil

Pontos de Interesse:

  • Igreja Paroquial de Moledo
  • Pelourinho de Mões

Etapa 4: Ribolhos (Castro Daire) – Bigorne (Lamego) 

Concelhos Percorridos – Castro Daire e Lamego

Extensão – 19.9Kms

Elevação – 852/460m

Ponte de Partida – Ribolhos

Ponto de chegada – Bigorne

Tempo Médio – 4h58m

Dificuldade – Muito Difícil

Pontos de Interesse

  • Capela de São Tiago
  • Evento da “Última Rota da Transumância”
  • Rio Paiva
  • Cascata da Pombeira
  • Serra de Montemuro
  • Minas de Volfrâmio de Movimenta de Cabril
  • Miradouro do Calvário
  • Igreja Matriz de Castro Daire
  • Capela de São Sebastião
  • Igreja da Ermida

Curiosidade: A marcação do caminho tem duplo sentido, permitindo a utilização do caminho para peregrinação a Santiago e a Fátima.

As setas amarelas indicam o caminho para Santiago e as setas azuis indicam o caminho para Fátima.

Caminho Português de Santiago Interior - ©Lovely Lisbonner - Sónia Justo
Caminho Português de Santiago Interior – ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo

Etapa 5: Bigorne (Lamego) – Lamego (Lamego)

Concelhos Percorridos – Lamego

Extensão – 16.4Kms

Elevação – 400/764m

Ponte de Partida – Bigorne

Ponto de chegada – Lamego

Tempo Médio – 3h16m

Dificuldade – Médio

Pontos de Interesse:

  • Igreja Paroquial de Magueija – Igreja de São Tiago
  • Sé de Lamego

Caminho Português de Santiago Interior - ©Lovely Lisbonner - Sónia Justo
Caminho Português de Santiago Interior – ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo

Etapa 6: Lamego (Lamego) – Bertelo (Santa Marta de Penaguião)

Concelhos Percorridos – Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião

Extensão – 27.2Kms

Elevação – 1052/1365m

Ponte de Partida – Lamego

Ponto de chegada – Bertelo

Tempo Médio – 6h48m

Dificuldade – Muito Difícil

Pontos de Interesse:

  • Pelourinho
  • Museu das Caves de Santa Marta
  • Capela de Santa Marta
  • Fonte do Rei – Medrões
  • Miradouro de São Leonardo
  • Santuário de Nossa Senhora do Viso
  • Santuário de Nossa Senhora dos Remédios
  • Igreja de Santa Maria de Almocave

Caminho Português de Santiago Interior - ©Lovely Lisbonner - Sónia Justo
Caminho Português de Santiago Interior – ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo

Etapa 7: Bertelo (Santa Marta de Penaguião) – Vila Real (Vila Real)

Concelhos Percorridos – Santa Marta de Penaguião e Vila Real

Extensão – 11.3Kms

Elevação – 650/510m

Ponte de Partida – Bertelo

Ponto de chegada – Vila Real

Tempo Médio – 2h49m

Dificuldade – Muito Difícil

Pontos de Interesse:

  • Grupo de Bombos
  • Vila Velha
  • Grupo Etnográfico Danças e Cantares O Cantaréu
  • Igreja de São Dinis
  • Capela de Nossa Senhora do Carmo
  • Central de Biel (Cascata)
  • Miradouro Estação (Meia Laranja)
  • Igreja Paroquial de Santa Eulália
  • Estátua José Botelho de Carvalho Araújo
  • Sé de Vila Real – Igreja de São Domingos

Etapa 8: Vila Real (Vila Real) – Parada de Aguiar (Vila Pouca de Aguiar)

Concelhos Percorridos – Vila Real e Vila Pouca de Aguiar

Extensão – 25.9Kms

Elevação – 749/505m

Ponte de Partida – Vila Real

Ponto de chegada – Parada de Aguiar

Tempo Médio – 5h45m

Dificuldade – Difícil

Pontos de Interesse:

  • Parque Natural do Alvão
  • Miradouro Vintage Camping do Alvão
  • Ecopista do Corgo
  • Albergaria Novecentista
  • Capela de São Gonçalo
  • Castelo de Chaves
  • Pedra Bolideira
  • Termas de Chaves

covilhetes Vila Real Portugal caminho de Santiago
Em Vila Real provámos os covilhetes, uma iguaria típica – ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo

Etapa 9: Parada de Aguiar (Vila Pouca de Aguiar) – Vidago (Chaves)

Concelhos Percorridos – Vila Pouca de Aguiar e Chaves

Extensão – 22.5Kms

Elevação – 229/571m

Ponte de Partida – Parada de Aguiar

Ponto de chegada – Vidago

Tempo Médio – 4h05m

Dificuldade – Fácil

Pontos de Interesse:

  • Igreja de Soutelo de Aguiar
  • Feira das Cebolas
  • Capela de Santiago
  • Ponte de Cidadelha
  • Ecovia Internacional do Tâmega e do Corgo
  • Igreja Românica de Santa Leocádia
  • Igreja Paroquial de Vidago – Igreja de Nossa Senhora da Conceição
  • Igreja paroquial de Oura – Igreja de Santigo
  • Parque Termal de Vila Pouca de Aguiar

Etapa 10: Vidago (Chaves) – Chaves (Chaves) 

Concelhos Percorridos – Chaves

Extensão – 17.7Kms

Elevação – 445/431m

Ponte de Partida – Vidago

Ponto de chegada – Chaves

Tempo Médio – 3h56m

Dificuldade – Difícil

Pontos de Interesse:

  • Fonte de Campilho
  • Miradouro de São Lourenço
  • Jardim Público de Chaves
  • Estrada Nacional 2 – N2
  • Vilar de Nantes
  • Ponte Romana de Trajano

Etapa 11: Chaves (Chaves) – Vilarelho da Raia (Chaves) 

Concelhos Percorridos – Chaves

Extensão – 14.5Kms

Elevação – 229/195m

Ponte de Partida – Chaves

Ponto de chegada – Vilarelho da Raia

Tempo Médio – 2h54m

Dificuldade – Médio

Pontos de Interesse:

  • Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso
  • Capela de Nossa Senhora das Brotas
  • Santuário de São Caetano

Caminho Português de Santiago Interior - ©Lovely Lisbonner - Sónia Justo
Caminho Português de Santiago Interior – ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo

Etapas em Território Espanhol

Depois de Chaves, a última etapa em Território Português, o Caminho atravessa a fronteira Luso-Galega por Verín até Ourense e Santiago de Compostela, pela Via da Prata ou Caminho Mozárabe. São mais 182Kms até chegar à Catedral de Santiago de Compostela.

Para organizarem o caminho em Território Espanhol o melhor será consultar o Site da Fundação Xacobeo.

Como pode ser Percorrido

  • A Pé – Pelo menos 100 kms (Para obter a Compostela)
  • De Bicicleta – Pelo menos 200 kms (Para obter a Compostela)
  • A Cavalo – Pelo menos 100 kms (Para obter a Compostela)

Curiosidade: Inicialmente os peregrinos iniciavam “O Caminho” a partir das suas casas.

O grupo de Peregrinos (Bloggers) ©D.R.

Onde Dormir

Albergues

Tem sido feito um esforço ao longo do Caminho, através dos municípios que compõem o mesmo, no sentido de transformar antigas instalações desativadas, como é o caso de escolas primárias, e transformá-las em Albergues para Peregrinos.

Os Albergues permitem a pernoita durante uma noite, têm camaratas ou quartos privados com casas de banho partilhadas. Cozinha e em muitos casos é possível lavar e secar roupa.

Por norma não é possível reservar com antecedência, e em muitos casos é necessário telefonar para o numero de contacto do albergue para que a pessoa responsável, (o alberguista) vá abrir a porta.

De notar que em alguns municípios não existem albergues. Existem, no entanto, outras opções de alojamento, como hostel, hotéis e alojamentos locais.

Podemos encontrar os seguintes Albergues:

Viseu

  • Farminhão
  • Fontelo
  • Almargem

Castro Daire

  • Albergue de Ribolhos
  • Albergue da Moura Morta

Lamego

    • *Não existem Albergues mas o município disponibiliza o Centro de Estágios do Complexo Desportivo de Lamego

Peso da Régua

  • Albergue do CPIS

Santa Marta de Penaguião

  • Albergue de Bertelo

Vila Real

  • *Não Existem Albergues

Vila Pouca de Aguiar

  • Albergue de Parada de Aguiar
  • Albergue de Sabroso
  • Albergue de Santiago

Chaves

  • *Não existem Albergues

NOTA: É necessário ter em conta que alguns dos albergues ainda não se encontravam em funcionamento à data de publicação deste artigo (outubro de 2022). Como o caso o Albergue da Moura Morta. Pelo que será aconselhável contactar os mesmos antes da vossa chegada, por forma a garantir um local para pernoitar.

Não é possível reservar alojamento nos Albergues, e as vagas são atribuídas por ordem de chegada. Mas ligando ficam a saber se o albergue está em funcionamento ou não.

Sugestões de Hóteis

Para quem não quer ficar a pernoitar em Albergues, deixo algumas sugestões de Hotéis e Hostels. Em que os principais critérios foram serem muito perto do centro e a pontuação no Booking (conforto, limpeza,etc). 

    • Allgo Hostel – Viseu – Distância do centro: 200m Pontuação: 9.2
Pedras salgadas spa e nature park caminho português de Santiago interior
O Caminho passa Literalmente pelo parque das Perdas Salgadas – Dormir no Pedras Salgadas Spa & Nature Park é é por si só uma experiência, se o vosso orçamento permitir vale a pena ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo
    • Vidago Palace  – Chaves – Distância do centro: 600m Pontuação: 9.2

O Que Levar na Mochila

A mochila vai ser um elemento muito importante no caminho. Vamos andar literalmente com o peso dela às costas. E aqui não há outra opção, uma vez que no Caminho Português de Santiago Interior ainda não existe o serviço de transporte de mochilas.

Convém levar só o essencial para uma boa caminhada, e que a mochila tenha proteção para chuva, seja de boa qualidade e ajustada ao vosso peso e altura, ter as alças almofadadas também é importante.

  • Credencial do Peregrino e Documentação pessoal
  • Telemóvel, carregador e powerbank
  • Água
  • Comida (sandes, barras energéticas, fruta, frutos secos)
  • Saco para o lixo
  • Saco cama
  • Toalha
  • Itens de Higiene pessoal
  • Kit de primeiros socorros (com especial atenção a tudo o que seja para tratar bolhas nos pés e problemas nas articulações)
  • Roupa confortável (não esquecer roupa para dormir)
  • Meias sem costuras
  • Botas de Caminhada
  • Boné
  • Protetor Solar
  • Óculos de sol
  • Impermeável
  • Bastões
  • Lanterna

Credencial do Peregrino

A Credencial é o passaporte do peregrino. É só com ela que é possível obter a Compostela. Podem fazer o pedido da credencial ou obter todas as informações de onde a adquirir presencialmente, podem consultar o site da Associação Espaço Jacobeus.

A Compostela

A Compostela é o documento que certifica a realização do Caminho de Santiago. É atribuída pelas autoridades eclesiásticas e é levantada no Gabinete de Atendimento ao Peregrino na Catedral de Santiago de Compostela.

Pontos de Interesse Fora do Caminho que merecem uma visita

Caves da Raposeira

Lagoa do Alvão

Lagoa do Alvão
Lagoa do Alvão, um desvio ao caminho que vale a pena – ©Lovely Lisbonner – Sónia Justo

Quantos Caminhos de Santiago existem?

*Etapas em Território Espanhol no Site da Fundação Xacobeo

Leitura Complementar

Vídeo Promocional Oficial do Caminho

Contactos Úteis

info@cpisantiago.org

+351 961 537 588

  Planeia a Tua Viagem:
 5% de desconto no teu seguro de viagem da Iati
 Dorme tranquilo e Reserva um Hotel com Booking.com
 Aluga um Carro com a Discovercars
  Descobre as melhores atrações com a GetYourGuide e a Tiqets
 O teu Material de Viagem e a tua Roupa na Decathlon

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 comment