OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Itália – Sua linda!

P1010157.JPG

Se londres é a minha cidade favorita, Itália é sem dúvida o meu país de eleição. E este é o primeiro post de uma série sobre Itália.

 

 

 

 

 

A primeira vez que visitei Itália foi em 1998, há precisamente 17 anos, ui…. só agora me dei conta dos anos que passaram…

 

 

 

Foi num circuito turístico de uma semana, com a minha mãe, foi a primeira de muitas viagens que fizemos juntas. Guardo recordações maravilhosas dessa viagem e de todas as outras que fizemos, mas esta teve um significado muito especial, o meu pai tinha falecido no inicio desse ano e esta foi a primeira viagem que fizemos sem ele.

 

 

 

Foi uma viagem de descoberta, a nível cultural, a nível pessoal e sobretudo reforçou a nossa relação de uma forma inabalável. (Foto – Veneza)

 

 

Esta foi sem dúvida a viagem da minha vida por tudo o que significou, mas sobretudo por tudo aquilo que simbolizou, e por isso Itália estará sempre no meu coração.

 

 

 

 

926.JPG

 

 (Foto – Milão)

 

A escolha do país coube-me a mim, e como um dos sonhos da minha mãe era conhecer Veneza, decidi fazer-lhe uma surpresa. Tratei de tudo, e ela só ficou a saber o destino da viagem no dia da partida. O itenerário da viagem foi o seguinte: Lisboa, Milão, Florença, Pisa, Siena, Roma, Vaticano, Nápoles, Capri, Assis, Veneza (Veneza Mestre, e ilhas de Murano, Burano e Lido), Pádua, Verona, Milão e Lisboa.

 

P1010170.JPG

 

(Foto – Veneza)

 

Um circuito turístico não é para todos os gostos, e está longo de reunir consenso. Quem embarca numa viagem deste tipo tem de ter espirito de viajante, e estar preparado para andar muito, descansar aqui não é o mote. Como um amigo meu costuma dizer isto é turismo e não férias.

 

828.JPG

 

(Foto – Veneza)

 

Se o que pretendem é descanso, e nos intervalos ir conhecendo alguns locais então o melhor é optarem por outro tipo de pacote turístico e escolherem as excursões que todos os hotéis têm disponiveis, ou se são mais aventureiros descobrirem a cidade sozinhos.

 

47159_1185017481767_1718161155_353995_4952276_n.jp

 

(Foto – Veneza) 

 

Neste tipo de viagem tem de se ter especial atenção aos horários, uma vez que vamos em grupo e um atraso nosso por mais pequeno que seja deixa o grupo todo à espera e atrasa a viagem, o que em alguns casos pode significar já não conseguir visitar determinado monumento.

 

P1010151.JPG

 

(Foto – Veneza) 

 

Se gostam de andar a viajar livres e sem preocupações com horários então este tipo de viagens não é para vocês. Se por outro lado gostam de viajar com tudo organizado, planeado, acompanhados por um guia e querem ver o máximo de monumentos e atrações turisticas sem preocupações, então vão gostar.

 

P1010160.JPG

 

(Foto – Veneza)

 

Sempre que visito um país pela primeira vez tento fazer um circuito, pois permite-me conhecer o máximo de locais no mais curto espaço de tempo, mas obviamente depende do gosto pessoal de cada um. Se tiver amigos a viver no país ou já não for a primeira vez que o visito, então opto por outro tipo de viagem.

 

040.JPG

 

(Foto – Veneza)

 

Tal como já disse é mesmo uma questão de gosto pessoal, tem vantagens e desvantagens. O melhor mesmo é fazerem um circuito pelo menos uma vez na vida, e tirarem as vossas próprias conclusões.

 

 

Nos próximos posts desta série, vamos explorar cada cidade visitada, individualmente.

 

Beijinhos e até ao próximo Post.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

31 comments